Vivendo de modo digno do Senhor

Vivendo de modo digno do Senhor

Por Box95 | Um Clube de Assinaturas Reformado!      11/10/2017 15:52:39    

Há algumas semanas atrás aconteceu uma reviravolta na minha vida, um misto de sensações e sentimentos vieram à minha mente e eu não sabia como lidar com a situação que estava diante de mim. Foram momentos de muito sofrimento, tristeza e frustração. E ao meditar nas Escrituras algo me chamou a atenção. Em Colossenses 1.10-12 o apóstolo Paulo exorta a igreja presente na cidade de Colosso a ter uma vida digna do Senhor. E o apóstolo completa demonstrando o que vem a ser essa vida digna. Paulo “enumera” os princípios de uma vida digna: (1) Uma vida digna do Senhor o agrada em tudo; (2) Uma vida digna do Senhor frutifica em toda a boa obra; (3) Uma vida digna do Senhor cresce no conhecimento. Esses 3 pontos me fizeram refletir sobre a minha condição como um cristão e se realmente tenho vivido uma vida que agrada a Deus.

Primeiro, uma vida digna do Senhor tem por princípio básico agradar ao Senhor. Consoante com as Sagradas Escrituras, o Breve Catecismo de Westminster tem como sua primeira pergunta “Qual o fim principal do homem?”, e a resposta é simples e direta: “O fim do homem é glorificar a Deus, e gozá-lo para sempre”. Quando paramos para analisar a pergunta palavra por palavra, vemos que ela é de uma grande profundidade. O propósito, o alvo, o objetivo do homem é puramente a glória de Deus, e ao glorifica-lo nós o agradamos. Mesmo em momentos difíceis o cristão salvo pela graça sempre procura agradar a Deus, mesmo quando as dúvidas, mesmo quando as tribulações nos assolam o que nos importa é agradar a Deus. Como diz 1 Coríntios 10.31: “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus”.

Segundo, uma vida digna do Senhor frutifica em boas obras. A principal pergunta é: o que vem a ser as boas obras? O Rev. Sergio Ribeiro Santos expõe de uma maneira muito acertada: “As boas obras são todo o cumprimento da vontade de Deus. Tudo aquilo que ele nos pede em sua palavra. Sejam preceitos que regulam a nossa conduta como indivíduos diante de Deus, em relação ao próximo ou à sociedade em geral”. De maneira geral é sermos praticantes assíduos daquilo que o Senhor nosso Deus tem apresentado claramente nas Escrituras. Seja em qualquer situação, devemos abraçar os princípios bíblicos e agir em conformidade com a ordem de Cristo. Efésios 2.10 afirma que fomos criados para boas obras.

Terceiro e último, uma vida digna do Senhor cresce no conhecimento de Deus. Hoje há um grande movimento em prol do conhecimento de Deus, dos estudos teológicos e isso é muito bom, mas me preocupa a criação de pessoas que sabem todos os termos técnicos da teologia e não conheçam o centro da teologia. Conhecer Deus é ter uma aproximação direta com ele, é através das Escrituras se aprofundar naquilo que o próprio Deus revela dele mesmo. Ao continuarmos a leitura vemos os benefícios de viver uma vida digna do Senhor, pois ela mostra que sozinhos não podemos conseguir nada disso a não ser pelo poder de Deus, ou seja, sua Palavra (Romanos 1.16).

Deus abençoe!

- Rafael Sales

 

Comente

2016 - Box95 - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas